domingo, 20 de novembro de 2011

sábado, 19 de novembro de 2011

Para os amantes da fotografia

Navegando por aí encontrei mimos para todos os gostos, para pessoas, que como eu, são apaixonadas por fotografia...
Pra começar, esta caneca do Bazar Criativo, é um dos primeiros itens da minha lista de 'eu quero'!



Este pendrive, do Funideas, do Tanlup, além de funcional [tem 4GB] é uma graça!





Para os fãs da Polaroid, há esse adesivo para iPhone, também da Funideas.




Tem também este chaveiro, isqueiro e colares... 





Agora é só escolher e desfilar por aí mostrando a sua paixão!

 

Kokeshis encantadoras!

Fabi Sehnem, de Santa Catarina, traz um pouco mais de alegria ao mundo com suas kokeshis. Feitas em carretel de madeira e pintadas a mão trazem consigo fitas super delicadas e alfinetes fofos!
Em sua lojinha, Fabi tem tem ferramentas, botões e outras coisinhas lindas de morrer!!
Esta semana recebi minha encomenda e AMEI tudo!! E não dá pra deixar de falar do prazer em abrir um pacote feito cheio de carinho!!






Especialmente Akina, minha kokeshi!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Abayomi

De origem iorubá, a palavra abayomi significa encontro precioso!
E é o nome dado às bonecas que as mulheres negras faziam para seus filhos durante as viagens de navio. 
Feitas de tiras de tecido retiradas de suas vestimentas e sem a utilização de cola ou linha, as tiras de tecido são amarradas, resgatando a forma mais singela do artesanato, e com um toque de criatividade as roupinhas são feitas com retalhos de cores diferentes.



Já ouvi falar destas bonecas há algum tempo e hoje tive a oportunidade de fazer minha primeira, no aquecimento antes da supervisão do ProJovem.




Estas outras, mais elaboradas, foram tiradas deste e deste sites.


terça-feira, 15 de novembro de 2011

Hoje é dia de festa!

imagem

Há vários crafts e 365 dias atrás surgiu o blog!
Comecei com o balaio para praticar a escrita, que andava um tanto enferrujada... não sei se isso melhorou muito, mas minhas habilidades manuais tiveram um progresso e tanto!
E graças a essas manualices, confesso que descobri minha verdade... acredito no potencial criativo enquanto possibilidade terapêutica e levo isso pro trabalho e pra vida!