domingo, 30 de janeiro de 2011

Agenda Nova - Claudinha...

Ela, que diz que não leva jeito e não tem paciência pra trabalhos manuais, é uma das pessoas mais admiráveis que conheço... com uma energia/alegria que exala pelos poros e contagia todo mundo, isso sem falar em sua competência e determinação!
E na onda de dar uma cara nova pra agenda, Claudinha me pediu que fizesse a sua, que ficou assim...


terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Agenda nova!

Na adolescência esse era um momento sagrado. Escolher a agenda que me acompanharia durante todo o ano, onde guardaria lembranças, boas ou más, e contaria os meus segredos... isso (a escolha) continua sendo bacana, mas agora suas páginas são ocupadas por diversos compromissos e lembretes de coisas importantes.
Outra diferença significativa, é que as agendas de hoje não são tão legais como as de antigamente!
Todas tem cara de linha de produção (todo mundo tem igual), ou então, quando são um tantinho originais custam os olhos da cara!
Por esta razão, lá onde trabalho, decidimos repaginar nossas agendas corporativas, que por sinal, eram praticamente iguais...

A minha, que era mais ou menos assim...




... ficou assim!! 









quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Colar dread

O penteado (dreadlock), famoso na década de 70, inspirou a criação de colares confeccionados em tecido, linhas coloridas, fitas de cetim... entre outros materiais.


Este fiz de presente pra Si.


A Pri sugeriu que eu faça um maior, que possa ser usado em duas voltas.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Camisetinhas novas!!

Como é bom ver o trabalho finalmente pronto!!
E o estranho é a relação de carinho que estabeleço com cada criação! rs


Esta de gueixa, é da Nara e a de laço, é minha...







A ideia do lacinho na manga (pasmem), foi do Vidal. Ele participa de perto das criações, dando opiniões e sugestões... o que me estimula e enriquece ainda mais o trabalho!!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Espelho, espelho meu...


O espelho do banheiro estava tão sem graça... solitário, naquela parede branca, sentimos que precisava de algo mais...
Pensamos logo num mosaico, com pastilhas em vários tons de verde, que foram colados aleatoriamente.
Durante esse processo me lembrei do Dadaísmo, movimento artístico criado na Alemanha em 1916. A palavra que deu nome ao movimento foi escolhida aleatoriamente num dicionário, por Hugo Ball e Tzara Tristan, artistas e desertores do serviço militar. A ideia era expressar o caráter anti-racional da vanguarda artística moderna.
As poesias dadaístas eram também escritas desta forma. Algumas palavras eram recortadas de uma folha de jornal e sorteadas ao acaso, elas eram copiadas na ordem em que foram sorteadas... e assim se formava uma poesia! 



Confesso que curti o resultado, ainda mais porque foi o primeiro que fizemos!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

A primeira vez a gente nunca esquece...

Calma, não é nada disso que vocês estão pensando... me refiro à musica.
Gosto de música desde que me entendo por gente... e segundo meus pais, com 3 aninhos eu já cantava Let it Be animadamente (sempre gostei de Beatles!)!
E agora, ouvindo The Who, me lembrei que a primeira música que aprendi a tocar no baixo foi deles. I can't Explain.
Tudo bem, eu sei, a música é facil... mas é que foi a primeira, e por isso mesmo foi marcante...

Pra quem curte The Who, segue o vídeo:


Assim ou assado?

O porta chaves está quase pronto...
Pintei a base de madeira de branco e usei lixa pra dar um ar envelhecido e rústico, mas ainda não sei se faço assim...

... ou assado.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Oh dúvida cruel...

Estava precisando de um porta chaves, então decidi fazer um...
Porta chaves feito à duas mãos... com as habilidades do Vidal e meu toque feminino, ele ficará lindo!

Mas fiquei em dúvida... não sei se coloco o lacinho



ou as florzinhas de viés...


O que vcs acham?
Aguardo as opiniões...

Agora ninguém me segura!

Disse ao Vidal que queria fazer um curso de corte e costura (sim, adoro roupinhas fofas e patchwork... e morro de vontade de fazer uma colcha de retalhos) e compraria uma máquina de costura portátil, pra fazer coisinhas, sem pretensão... só pelo prazer de aprender coisas novas!
Ele por sua vez, comentou com sua mãe, que por sua vez disse que sua tia colocou à venda uma de suas máquinas, dessas de pedal...
E adivinhem só!? Amáquina agora é minha!!!


Ainda esse ano, vai sair daqui pelo menos 1 vestidinho feito por mim!!
Mas antes, é claro, preciso ter umas aulas com a dona Maria!!


P.S.: Minhas avós e minha tia Teca ficariam orgulhosas!

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

sábado, 8 de janeiro de 2011

Feito à mão

Adoro dedicar tempo às pessoas que amo fazendo presentinhos!
Fiz estes panos de prato para minha mãe...



e esta camisetinha para a Jéssica...


Gostou? Quer um igual?
Para encomendas, entre em contato através do e-mail:
renatamouravidal@gmail.com

A moringa mais linda que já vi na minha vida!!

Na onda de garimpar objetos que tenham a ver com a casinha, estava a procura de uma moringa... podia ser de barro,de vidro ou de porcelana, mas devia combinar com o meu 'lar doce lar'.
Fui a diversas lojas, mas sempre tinha algum detalhezinho que não agradava...
Até que, em uma visita ao Armazém de Maria, encontrei a ''moringa mais linda que já vi na minha vida'!
Foi praticamente amor à primeira vista!!


2011

Mais um ano.
E neste novo ano, em especial, não pretendo fazer planos, que talvez nem venha a cumpri-los... quero apenas experimentar!
Novos sabores, novas texturas, novos ritmos, novos prazeres... a exemplo do que diz Clarice Lispector em sua poesia Mudar.
Em um de seus versos ela diz 'não faça do hábito um estilo de vida' , pensando nisso, notei que temos o péssimo hábito de nos aprisionar a detalhes que não servem mais!
Fazemos coisas de uma determinada maneira, e nem sabemos o porquê...
Simplesmente porque sempre fizemos assim, sem a menor criticidade, sem saber se faz bem ou mal!

Chega a parecer a morte em vida... mas a vida exige muito mais. Exige movimento, energia...
Pretendo descobrir o que me move, o que traz o brilho no olhar e que me faz acordar todas as manhãs.
.